Laís Laíny

Com risco de invasão na Alep, evento em defesa das mulheres é cancelado

03/12/2019 00h22

A criação oficial da Frente Parlamentar dos Homens em Defesa das Mulheres prevista para esta terça-feira (3) foi cancelada por decisão do presidente da Alep (Assembleia Legislativa do Paraná), Ademar Traiano.

É que o evento ocorre no mesmo dia em que está marcado um ato dos servidores contrários a reforma da Previdência.

A Frente Parlamentar é coordenada pelo deputado estadual Professor Lemos, que emitiu nota comunicando o cancelamento.

"Segundo o presidente Ademar Traiano, a audiência foi cancelada por conta da "possibilidade de invasão do plenário pelos servidores públicos".

O deputado diz não concorda com o cancelamento.

"Lamentamos e não concordamos com o cancelamento da nossa Audiência Pública para a instalação da Frente Parlamentar dos Homens pelo fim da Violência contra as Mulheres. [...] Nossa audiência vem sendo construída há meses. Lideranças de todo o estado já estão a caminho. Convidados com suas agendas reservadas e alguns que cancelaram outros compromissosp para estarem debatendo tema tão importante: a Violência contra a Mulher".

Uma nova data ainda não foi marcada.

Leia outros artigos de Laís Laíny