Foz do Iguaçu

Polícia investiga caso de bebê dado como morto em hospital

Em nota, a polícia informou que vai aguardar as investigações para depois se pronunciar

14/01/2020 10h38 | Atualizado em 14/01/2020 16h25
Foto: Tribuna Popular
A Polícia Civil de Foz do Iguaçu informou que segue investigando a morte do recém nascido de 49 dias, que morreu após passar mal no hospital particular da cidade.

O inquérito policial foi instaurado e deve apurar as circunstâncias da causa morte do recém nascido. A Polícia Civil também informou que todas as medidas cabíveis já foram aplicadas e que não irá se pronunciar em um primeiro momento.

Outros detalhes da investigação não foram repassadas. O corpo foi encaminhado ao IML de Foz do Iguaçu que deve revelar a causa da morte.

SOBRE O CASO

O bebê de 49 dias foi levado ao hospital particular após passar mal em casa. Ele ficou algumas horas internado e teve óbito confirmado, ainda no domingo (12).

Quando o bebê estava sendo encaminhado para o SVO (Serviço de Verificação de Óbito), pelo agente da funerária, a criança chorou e imediatamente o bebê foi transferido para o Hospital Ministro Costa Cavalcanti. O motorista acionou o SAMU que levou o menino para outra unidade.

A criança voltou a ser internada, mas acabou morrendo por volta das 10h da manhã desta segunda-feira (13).

Os pais registraram um Boletim de Ocorrências e o corpo da criança foi levado ao Instituto Médico Legal de Foz do Iguaçu, onde exames vão revelar a causa morte.

Segundo a Polícia civil, todos os procedimentos serão tomados para abertura do inquérito policial.

O Hospital Unimed Foz informou por nota que a "situação é inédita em toda a história da Cooperativa" e disse ainda que todas as providências estão sendo tomadas para esclarecer o fato.

A assessoria de Comunicação Hospital Ministro Costa Cavalcanti, por meio de nota, informou que recebeu a criança às 22h48 de domingo 12, transferida do Hospital Unimed, pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Como estado era grave o menino foi levado imediatamente para a Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica. Porém às 10h54 de segunda (13) o bebê morreu.


Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.