São José dos Pinhais

Caso Daniel: defesa pede liberdade a réu confesso Juninho Riqueza

Pedido foi protocolado no Processo Eletrônico do Judiciário do Paraná

02/12/2019 20h22 | Atualizado em 06/12/2019 06h14
A defesa de Edison Brittes Junior, conhecido como Juninho Riqueza, pediu à Justiça de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, a liberdade do acusado, que é réu confesso pela morte do jogador Daniel Corrêa Freitas. O pedido foi protocolado no Processo Eletrônico do Judiciário do Paraná nesta segunda-feira (2).

De acordo com o advogado Claudio Dalledone, o momento é oportuno para a conversão da prisão de Brittes por medidas cautelares. "Pode ser o monitoramento dele em casa, pode ser a restrição total de saída, uma vez que o processo está maduro para isso. Ele preenche requisitos objetivos e subjetivos para responder em liberdade e enxergamos que esse é o momento", explicou.

Caso o pedido seja negado pela juíza Luciani Regina Martins de Paula, Dalledone promete recorrer ao Tribunal de Justiça do Paraná para que Brittes ganhe o direito de recorrer em liberdade, assim como os demais réus do caso.

Edison Brittes Junior, responde por homicídio qualificado pelo motivo torpe, meio cruel e outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de adolescente e coações no curso do processo.

Redação Catve.com/Com Banda B



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.