Paraná

Após anúncio de corte de verbas, obras da BR 163 vão ser paralisadas

Trabalhos no trecho de Cascavel a Marmelândia param neste mês; Já de Toledo a Marechal permanecem até outubro

13/08/2019 19h13 | Atualizado em 13/08/2019 21h43
O Governo Federal anunciou o corte de verbas destinadas às obras de duplicação da BR 163. Os trabalhos no trecho de Cascavel a Marmelândia param ainda neste mês. No trecho que vai de Toledo a Marechal Cândido Rondon, os trabalhadores permanecem até outubro. Para a conclusão dos dois trechos ainda são necessários cerca de R$ 350 milhões. Líderes regionais em Brasília buscam alternativas para viabilizar o fim da obra.

E não para por aí. O Governo do Estado anunciou que pretende privatizar a BR 163. Com isso, serão instaladas praças de pedágio em todo o trecho paranaense.

A decisão se deve à criação de um novo Anel de integração entre as Rodovias estaduais 092, 323, 280, e as federais 467, 153 e 163. A empresa que administrará a rodovia será escolhida a partir de uma concorrência mundial na bolsa de valores e o certame deve ser apresentado até o fim deste ano. Se a privatização sair antes do fim da duplicação da BR 163, o valor da tarifa será mais alto por conta dos investimentos na obra.

EPC



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.