Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é a cidade com mais autonomia financeira da fronteira brasileira

Levantamento feito pelo IDESF destacou o desenvolvimento da cidade

28/08/2018 14h11 | Atualizado em 28/08/2018 14h21
Pela segunda vez foi realizado um levantamento sobre a situação das cidades de fronteira de todo país. Foz do Iguaçu se destaca pelo bom desenvolvimento em alguns setores.

Educação, saúde, economia e segurança, esses quatro importantes fatores foram analisados pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras, o IDESF.

Os índices dos últimos 2 anos das 32 cidades gêmeas - municípios que ficam na faixa de fronteira do país foram comparados, com isso foi possível diagnosticar as deficiências de cada cidade e também o crescimento. O resultado do estudo está disponível para todos e cabe as instituições usarem para criar políticas públicas de qualidade.

O levantamento aponta que Foz do Iguaçu é a cidade com mais autonomia financeira da fronteira brasileira. Entre as cidades gêmeas é a que menos precisa de recursos dos governos estadual e federal, e isso seria o reflexo do turismo local. Foz do Iguaçu também tem um dos melhores índices de geração de empregos com um percentual de quase 33% da população economicamente ativa, que são pessoas com idade entre 15 e 65 anos.

A segurança pública de foz do Iguaçu também chama a atenção. No ano passado foram registrados 37 assassinatos a cada 100 mil habitantes, uma redução no número de casos violentos se compararmos com o ano de 2016, quando foram 41 mortes a cada 100 mil pessoas. Esse percentual é maior do que a média nacional de 27 homicídios para 100 mil habitantes.

Jornal da Catve



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.