Santo Antônio da Platina

Vereadores aprovam em primeira votação aumento de 400% nos próprios salários

Se aprovado na sessão de quinta (27) o valor sai de R$ 998,00 para R$ 4.250, a partir de janeiro de 2021

25/06/2019 10h27 | Atualizado em 25/06/2019 10h27
Foto: Antônio de Picolli
Em uma sessão tumultuada, na noite de segunda-feira (24), os vereadores de Santo Antônio da Platina aprovaram, em primeira votação, o reajuste dos próprios salários em 400%. O valor passa dos atuais R$ 998,00 para R$ 4.250, a partir de janeiro de 2021.

O público lotou a Câmara Municipal e durante toda sessão o público vaiou os vereadores favoráveis ao aumento.

A primeira votação precisou do voto do presidente, Ademir Jacob (PHS), que desempatou a votação que estava em 4 a 4 e aprovou o aumento em primeira discussão.

A segunda votação será em sessão extraordinária na quinta-feira (27), às 13h30.

A Câmara está em recesso e retorna com suas sessões no dia 05 de agosto.

Outro projeto em apreciação, que aumenta de nove para 13 cadeiras na Casa, foi retirado de pauta por duas sessões.

Recomposição

Os vereadores favoráveis ao aumento dos subsídios preferem chamar o reajuste como "recomposição", já que, segundo eles, devolve os valores pagos até dezembro de 2016, quando uma polêmica acabou reduzindo os vencimentos para um salário mínimo.

Atualmente os vereadores platinenses recebem o menor salário entre as câmaras legislativas da região, equivalente a um salário mínimo, ou seja, R$ 998,61. Descontando os encargos, cada um recebe líquidos R$ 918,73.

Pela proposta, o subsídio voltaria aos valores válidos até dezembro de 2016, que era de R$ 3.745,06, acrescido da variação do IPCA, passando a
R$ 4.251,73 a partir de 1º de janeiro de 2021.

Redação com Tribuna do Vale



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.