Mundo

Boxe: lutador é punido com multa de R$10 mil por beijar repórter à força

Ele foi suspenso dos ringues por quatro meses pela Comissão Desportiva do estado da Califórnia

15/05/2019 15h48 | Atualizado em 15/05/2019 15h48
Jenny Sushe, repórter que trabalha no jornal "Vegas Sports Daily", foi surpreendida pelo boxeador Kubrat Pulev durante a entrevista com o atleta, no dia 25 de março deste ano.

O búlgaro assediou com um beijou na boca de forma forçada.

Jenny contratou Gloria Allred, uma das advogadas mais famosas dos EUA para representá-la.

A profissional é especialista em defender o direito das mulheres em caso de discriminação e violência sexual.

A ação dele não passou despercebida, gerou comentários, revolta e o lutador foi punido.

A Comissão Desportiva do estado da Califórnia multou esta semana o pugilista búlgaro Kubrat Pulev em US$ 2,5 mil, cerca de R$ 10 mil.

O atleta de 38 anos foi suspenso por quatro meses e as autoridades desportivas ainda exigiram que o boxeador receba orientações sobre de assédio sexual antes que possa lutar novamente nos Estados Unidos, a partir de julho.

Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.