Libertadores 2019: Análise da segunda rodada

15/03/2019 13h25 | Atualizado em 15/03/2019 13h26
Uma rodada de altos e baixos. É assim que podemos definir como foi a segunda rodada da Copa Libertadores para os clubes brasileiros.

Em São Paulo, o Palmeiras "botou pra quebrar" pra cima do Melgar da Bolívia. O porco não tomou conhecimento, mandou 3 a 0 e faz o torcedor palmeirense acreditar no bi-campeonato da competição. O verdão é líder do seu grupo com 2 vitórias em 2 jogos.

No Rio de Janeiro, o Flamengo usou o mando de campo e a força da sua torcida no Maracanã e bateu a LDU do Equador por 3 a 1. A equipe rubro negra mostrou um bom futebol, e de quebra se manteve invicta e líder do seu grupo na competição.

O Internacional venceu a equipe do Alianza Lima (Peru) por 2 a 0 em Porto Alegre no Estádio Beira Rio. A estrela do jogo foi o uruguaio Nico López que marcou os 2 gols da equipe colorada. A equipe do técnico Odair Hellmann está invicta com 2 vitórias na competição e é líder do seu grupo.

O Athletico Paranaense não tomou conhecimento da equipe do Jorge Wilstermann da Bolívia e meteu 4 a 0, sendo a maior goleada aplicada por um clube brasileiro nessa competição em 2019 até agora. O resultado positivo faz o Furacão se manter vivo na competição que tem o Boca Juniors como líder do grupo.

O Grêmio foi surpreendido em casa pelo bom time do Libertad. A equipe gaúcha apresentou um futebol muito aquém do que vinha apresentando e do que se esperava para esse jogo. O Libertad é o líder com 6 pontos enquanto o Grêmio está em último com apenas 1 ponto. O tricolor gaúcho tem uma parada difícil na próxima rodada onde pegará no dia 04 de abril o Universidad Católica em Santiago do Chile.

Porém, a grande decepção da Libertadores entre os clubes brasileiros até o momento é o Atlético Mineiro. O Galo perdeu para o Nacional em Montevidéu e ainda não somou nenhum ponto na Libertadores 2019. Para piorar, Cerro Porteño e Nacional do Uruguai conquistaram 2 vitórias e tem 06 pontos, o que torna a missão do clube dirigido por Levir Culpi cada vez mais complicada na competição.

O Cruzeiro não jogou na segunda rodada. O clube mineiro enfrentaria o Deportivo Lara da Venezuela. O clube venezuelano não conseguiu chegar em Belo Horizonte devido aos apagões que assolam o país. O jogo foi adiado por duas vezes e agora a partida será marcada de forma definitiva pela Conmebol.



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.