Com 72 horas do desaparecimento, caso desafia forças policiais do Paraná e RS

Investigação seguem sigilosa para preservar vida da vítima, diz Delegada Diana Zanatta

19 de outubro de 2020 | 09h19 | Atualizado há 92 dias

PUBLICIDADE
A Polícia Civil traça a linha cronológica dos últimos passos dados pela médica ginecologista Tamires Gemelli da Silva Mignoni antes de desaparecer misteriosamente, por volta do meio-dia de sexta-feira (16), em Erechim, cidade a 369 quilômetros de distância de Porto Alegre.

A delegada Diana Casarin Zanatta que auxilia nas investigações revela que o caso é extremamente delicado e a escolha de manter toda a investigação em sigilo, neste primeiro momento, é para preservar a vida da vítima. "Não podemos divulgar nenhuma informação, pois os criminosos também têm acesso a tudo que é informado e isso é muito perigoso", descreve.

Diana conta que a investigação está avançada e conta com apoio de várias forças, forças policiais, Polícia Militar, Polícia Civil, Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e agora com o auxílio da Tigre do Paraná (Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial).

Familiares informaram por telefone que sequestradores entraram em contato e pediram R$2 milhões para liberar a médica, mas a Polícia Civil não confirma o dado divulgado por questões de segurança.

O desaparecimento

A filha do Prefeito da cidade de Laranjeiras do Sul, Berto Silva, foi sequestrada na última sexta-feira. O crime aconteceu na cidade de Erechim, estado do Rio Grande do Sul, cidade ao centro do estado..

A médica saía de uma Unidade de Saúde Bairro Aldo Arioli onde é contratada pela Prefeitura. Ela é pega quando se aproxima do carro e é levada pelos criminosos. O carro da vítima estava abandonado aproximadamente seis quilômetros da UBS onde ela foi vista pela última vez.

Familiares saíram do Oeste do Paraná para o Rio Grande do Sul e auxiliar nas investigações.


Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM