Curitiba

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de álcool gel em Curitiba

Proprietário do local, um homem de 41 anos, vai responder crime contra a economia e as relações de consumo

28/03/2020 01h36 | Atualizado em 28/03/2020 01h36
A Polícia Civil prendeu em flagrante o proprietário de um estabelecimento comercial por produzir clandestinamente substância que era vendida como álcool em gel. A ação aconteceu no Bairro Hauer, em Curitiba. O material utilizado para a fabricação do produto também foi apreendido.

A Polícia Civil descobriu que dentro de uma distribuidora de bebidas estava sendo produzido álcool em gel. A produção era clandestina, sem qualquer autorização. No local, os investigadores constataram que o proprietário manipulava alguns produtos químicos como acendedor em gel, geralmente é usado para fazer fogo em churrasqueiras. Além disso, o dono do local usava etanol, altamente inflamável e perigoso.

Durante a ação, foram apreendidos seis baldes de acendedor gel, três garrafas de acendedor premium, um saco de gel premium, uma panela grande onde era feita a mistura dos produtos químicos. Um frasco do produto já misturado com a mesma consistência do álcool gel, sem qualquer rótulo ou especificações exigidas pelos órgãos competentes, pronto e exposto para venda também foi apreendido.

O delegado André Feltes alertou sobre o perigo no uso desses produtos químicos. "Esse tipo de prática é um perigo, pois os materiais utilizados são altamente carburantes e se a pessoa passar a mistura na mão e tiver contato com uma faísca poderá causar um acidente muito grave".

Ainda na fiscalização, a Polícia Civil encontrou 210 carteiras de cigarros de origem paraguaia, que também foram apreendidas. O proprietário do local, um homem de 41 anos, vai responder pelo crime de induzir consumidor a erro e também contrabando. Se condenado poderá pegar de 4 a 10 anos de prisão.

Polícia Civil



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.