Mandirituba

Cães de casal de idosos encontrados mortos na RMC também foram esfaqueados

De acordo com o delegado Matheus Layola, o único animal sobrevivente foi encontrado agonizando

14/01/2020 20h12 | Atualizado em 14/01/2020 20h13
Foto: Colaboração/Banda B
O casal de idosos foi morto a facadas na casa deles, nesta terça-feira (14) em Mandirituba na Região Metropolitana de Curitiba. Os três cachorros das vítimas também foram atacados e apenas um deles sobreviveu. Ele foi socorrido pela Polícia Científica do Paraná e com a ajuda da DPMA (Delegacia do Meio Ambiente) encaminhado em estado crítico para receber cuidados na Clínica Vet Produtor da Casa do Produtor, em Curitiba.

De acordo com o delegado Matheus Layola, da DPMA, o animal sobrevivente foi encontrado agonizando e o contato com a clínica foi feito para que os devidos cuidados fossem realizados. "Quando a Polícia Científica chegou no local, esse cachorro estava agonizando praticamente morto. Contatamos o pessoal da Casa do Produtor e eles pediram para levar o animal lá, onde ele recebeu todo o atendimento e vai passar por uma cirurgia", disse Layola.

A dona da Casa do Produtor, Vanessa, relata que o cão chegou com dois cortes profundos e que a cirurgia traz boas perspectivas de melhora. "O animal apresenta dois grandes e profundos cortes, atingindo a musculatura. Ele chegou estável, mas precisa passar por um procedimento cirúrgico. No momento ele está triste, porém sem dor e passando por uma cirurgia que deve levar cerca de 1h com excelentes perspectivas de melhora", afirmou.

Restabelecida a saúde do cachorro, ele deve ser colocado para adoção.

CRIME
Por volta das 11 horas um morador da região acionou a PM. No local, a idosa estava no quintal da residência, com diversos ferimentos. Já o idoso estava dentro da casa, também com várias perfurações e uma faca cravada no peito, como explicou o tenente Pedro, da PM. "Possivelmente, foi uma faca grande devido a extensão dos cortes. Diante da situação, a PM isolou o lugar de crime a acionou os órgãos competentes", disse.

Após relatos de testemunhas, a Polícia Militar chegou ao principal suspeito do assassinato do casal e dos cachorros: um chacreiro, que mora ao lado da residência onde as vítimas estavam. "Na abordagem, foi verificado que ele tinha uma grande quantia em dinheiro, mais de R$ 1 mil, o que poderia ter sido o motivador de todo esse crime", completou.

Ele foi preso e encaminhado à Delegacia, onde ficará preso e à disposição da Justiça.

Banda B



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.