Cascavel

Quadrilha do "dogão" é detida após mais um assalto em Cascavel

Bando foi detido após tentativa de assalto a um trailer de lanches e um assalto a um motel

08/08/2017 02h23 | Atualizado em 08/08/2017 05h20
Na madrugada desta terça-feira (08), dois maiores e dois menores de idade foram encaminhados até a 15ª SDP acusados de terem participado de vários assaltos nos últimos dias em Cascavel.

A Polícia Militar foi acionada, pois um grupo embarcado em um veículo pálio azul tentou realizar um assalto a um carrinho de lanches na Avenida Carlos Gomes. Os militares iniciaram as buscas e localizaram o veículo Pálio entrando em um condomínio na Rua Engenharia no Bairro Universitário.

Dentro do carro estavam quatro pessoas, uma mulher, um maior e dois menores de idade. Com eles os Policiais encontraram um revolver calibre 32 com duas munições intactas, R$ 100 reais, dois celulares, alguns anéis e uma pequena porção de maconha.

Ainda durante a abordagem dos assaltantes, uma idosa proprietária de um motel das proximidades chegou até a Unidade de Paraná Seguro do Bairro Universitário para informar que havia a poucos minutos sido assaltada por algumas pessoas que possuíam as mesmas características dos abordados na Rua Engenharia. Segundo a senhora ao ouvir o latido dos cães no pátio do estabelecimento ela foi surpreendida pelo bando que com arma em punho anunciou o assalto levando pouco mais de R$ 100 reais.

A polícia encaminhou todos até a 15ª SDP, onde deverão responder pelos crimes de porte ilegal de arma, formação de quadrilha, posse de drogas, e roubo a mão armada.

A PM suspeita que o grupo tenha assaltado pelo menos três carros de lanches na semana passada, sendo dois, na Rua Tancredo Neves e um no final da Rua Casimiro de Abreu, já que conforme as vítimas dos assaltos uma mulher estaria junto dos assaltantes nas ações e o veículo Pálio também é citado nos boletins de ocorrência, além disso um dos menores é morador das proximidades do trailer de lanches assaltado na Rua Casimiro de Abreu.

O caso passa a ser investigado a partir de agora pela Polícia Civil.