Santo Antônio da Platina

Homem é preso em flagrante após estuprar mulher que saia de igreja

Após algumas diligências, a polícia conseguiu encontrar o homem no início da tarde desta quinta-feira

18/03/2016 15h19 | Atualizado em 18/03/2016 15h19
A Polícia Civil de Santo Antônio da Platina, prendeu um homem de 45 anos nesta quinta-feira (17). Ele foi detido em flagrante após cometer abuso sexual contra uma mulher de 39 anos, que não teve o nome revelado pelos investigadores. A prisão aconteceu depois que a vítima procurou a polícia para registrar queixa.

De acordo com o delegado Isaías Fernandes, que atualmente responde pela Delegacia de Santo Antônio da Platina, o crime aconteceu na última quarta-feira, por volta das 23h, enquanto a mulher saía de uma reunião de oração em uma igreja evangélica localizada na região central do município.

A vítima voltou para casa a pé. No meio do caminho, em uma área bastante escura, ela percebeu que estava sendo perseguida. O agressor estava armado e obrigou a mulher a segui-lo. Enquanto os dois se distanciavam dos fiéis que deixavam o encontro religioso, o homem teria feito ameaças de morte caso a mulher recusasse a proposta.

Em determinda residência, ainda no centro de Santo Antônio da Platina, o detido abriu a porta, mas foi surpreendido pelo próprio sobrinho, que questionou o porquê dele estar naquele local. Assustado, o agressor pediu silêncio e levou a mulher para uma casa abandonada localizada na rua Marechal Deodoro, ao lado de uma funerária, onde o estupro foi consumado.

Ela foi levada para um posto de saúde para avaliação médica, até porque o responsável pelo abuso não teria usado preservativo durante o ato sexual

Uma equipe da PM, junto com investigadores da Polícia Civil, averiguou o local indicado pela mulher abusada. Os agentes foram até a casa do sobrinho do acusado. Em depoimento, ele confirmou que o tio tinha aparecido repentinamente, mas não confirmou se ele estaria acompanhado de outra pessoa. As vestes foram apreendidas.

Após algumas diligências, a polícia conseguiu encontrar o homem no início da tarde desta quinta-feira. Levado à delegacia, ele foi reconhecido pela vítima, mas afirmou ao delegado que "o ato sexual foi praticado com o consentimento da mulher". Traumatizada, a vítima quase desmaiou ao ver o agressor.

Bonde News