Homem e mulher que morreram em batida na BR 277 eram casados

Familiares devem realizar procedimento de identificação no IML na manhã de sábado

19 de setembro de 2020 | 03h34 | Atualizado há 41 dias

PUBLICIDADE
O homem e a mulher que morreram em grave acidente na noite de sexta-feira (18), na BR 277, em Cascavel, eram casados. Familiares do casal estiveram no IML (Instituto Médico-Legal) durante a madrugada de sábado (19), mas deverão retornar pela manhã para realizar o procedimento de identificação e liberação dos corpos.

O casal era ocupante de um Kia Sorento, com placa de Cascavel, e foi atingido por uma carreta, no quilômetro 593 da rodovia, no Bairro Pioneiros Catarinenses. Um Chevrolet Cruze também se envolveu no acidente, que teria sido causado pelo condutor de um Fiat Uno.

Após a colisão, os veículos foram parar no canteiro entre a rodovia e a marginal. O Sorento pegou fogo e os dois ocupantes morreram carbonizados. O motorista do caminhão foi encaminhado ao hospital com ferimentos leves, enquanto o condutor do Cruze não se feriu.

As vítimas fatais ficaram presas às ferragens. As equipes de resgate trabalharam por quase quatro horas para realizar a retirada dos corpos.

Uma perícia do Instituto de Criminalística deve apurar todas as circunstâncias do acidente. Informações preliminares dão conta de que o motorista do Uno realizou uma conversão irregular. Na tentativa de evitar uma colisão, o condutor do Sorento desviou para a esquerda, sendo atingido pela carreta, a qual transitava no sentido contrário.

Pouco tempo após o acidente, o motorista do Uno foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Santa Tereza do Oeste, e conduzido a 15ᵃ SDP (Subdivisão Policial), em Cascavel, para prestar depoimento.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM