Motorista de caminhonete confessa ter atropelado ciclista na BR 277, diz PC

Ele prestou depoimento e deixou a delegacia acompanhado do advogado

03 de agosto de 2020 | 11h22 | Atualizado há 46 dias

PUBLICIDADE
O Delegado de Polícia Civil, Luís Rogério Sodré, conversou com a imprensa sobre a investigação que apura a morte do ciclista Luiz Carlos Carvalho de 52 anos, na tarde de sábado (1°), na BR 277, no perímetro urbano de Cascavel.

O condutor da caminhonete que atingiu o ciclista, prestou depoimento na manhã desta segunda-feira (3). Ele chegou acompanhado do advogado na Delegacia de Polícia Civil de Cascavel.

Conforme relatado pelo delegado, o motorista confessou ter atropelado o ciclista, mas fugiu do local por medo, fato registrado pelas câmeras de monitoramento da rodovia.

Assim que deixou o local do acidente, o motorista imediatamente procurou advogado para a defesa na Justiça. Como não houve situação de flagrante, o homem deixou a Delegacia de Polícia Civil pela porta da frente.

O delegado informou que o motorista pode responder por dois crimes. "Ele responde por homicídio culposo na direção de veículo automotor e bem como afastar-se do local sem prestar socorro", concluiu o delegado.

Novas testemunhas serão ouvidas para a conclusão do inquérito que tem 30 dias para ser finalizado.

SOBRE O ACIDENTE

Luiz Carlos morreu antes mesmo da chegada do socorro médico, ele teve múltiplas fraturas pelo corpo. A vítima tinha saído minutos antes do trabalho e tentava atravessar a rodovia quando o atropelamento aconteceu. A força do impacto foi tão expressiva, que ele foi lançado para o outro lado da rodovia, cerca de 20 metros da batida.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM