Motoristas reclamam de precariedade na marginal da BR 277, no Santos Dumont

Secretaria de Obras deve realizar uma operação tapa-buracos

09 de julho de 2020 | 19h09 | Atualizado há 24 dias

PUBLICIDADE
A reclamação dos buracos no asfalto na marginal da BR 277 são alvos de reclamação constante. No trecho sentido Cascavel/Foz do Iguaçu, há uma extensão de aproximadamente 5 km na região dos Bairros Santos Dumont e Esmeralda, e vai até o Parque Industrial Albino Nicolau Schimidt.

A situação é um problema antigo e já relatado diversas vezes. Os buracos estão em quase toda a extensão da via e é preciso cautela para não cair neles.

Neste trecho, o peso dos caminhões fez o asfalto afundar e ceder. Luiz Rocha é motorista de caminhão e usa a via com frequência. Ele reclama das péssimas condições.

Por ser uma via que dá acesso a várias empresas, a marginal é muito movimentada, o que contribui para o surgimento de novos buracos a cada semana. Mesmo com buracos, tem motorista exagerando no acelerador. É o que conta o empresário Ney Pasin, que também reclama na largura da via e da pouca sinalização.

Nossa reportagem procurou o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) para saber de quem é a responsabilidade pelas melhorias e o órgão informou que a marginal não está no contrato de concessão da Ecocataratas sobre a BR 277, portanto é responsabilidade do município.

O DER informou também que vai verificar a possibilidade de ceder materiais para melhorar o trecho.

Questionada sobre o local, a Secretaria de Obras informou que ainda não há previsão de liberação de obras na via, mas vai realizar uma operação tapa-buracos.
EPC
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM