Inquérito de acidente com duas mortes na BR 277 será concluído em 30 dias

Casal de 20 e 23 anos morreu na hora; corpos foram jogados às margens da rodovia

13 de julho de 2020 | 13h24 | Atualizado há 21 dias

PUBLICIDADE
O acidente gravíssimo aconteceu nas proximidades do Trevo de acesso ao Bairro Guarujá. Marcelo Manuel Elger, 23 anos, e Julie Alisson Casagrande, 20 anos, estavam retornando para casa na motocicleta quando o motorista do Renault Clio foi fazer uma ultrapassagem e atingiu frontalmente. A batida foi tão forte que a moto pegou fogo.

O Clio ficou com a frente destruída e depois bateu em uma carreta que trafegava na rodovia. Uma segunda moto que estava no trecho não conseguiu desviar e também bateu na carreta.

O motociclista sofreu ferimentos graves e foi encaminhado para o Hospital Universitário. O motorista do carro, de 24 anos, teve ferimentos leves.

O irmão de Marcelo passou pelo local do acidente e não parou para evitar uma aglomeração desnecessária. Minutos depois ele recebeu a notícia de que se tratavam de familiares.

O trecho onde aconteceu o acidente é bem sinalizado e tem até um redutor de velocidade.

A faixa continua indica que é proibida a ultrapassagem nesse ponto, como na maioria do perímetro urbano da BR 277 em Cascavel.

O motorista que provocou a tragédia continua preso na carceragem da cadeia pública de Cascavel e o inquérito deve ser concluído em 30 dias.

O acidente aconteceu no fim da noite de sábado, mas os corpos de Marcelo e Julie só foram liberados ontem perto do meio-dia.

O velório foi restrito aos familiares e amigos mais próximos do casal e com duração de apenas duas horas por conta da pandemia pelo novo coronavírus.

O sepultamento no Cemitério Jardim da Saudade foi marcado por muitas homenagens e emoções. A despedida dos jovens foi com aplausos.
JC1
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM