Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu: Pessoas mortas em chacina não eram alvos de atiradores

Alvo, adolescente de 17 anos, foi morto pouco tempo depois no mesmo bairro

27/03/2020 17h38 | Atualizado em 27/03/2020 18h37
As quatro pessoas que morreram na chacina em Foz do Iguaçu, não eram alvos dos atiradores. A informação foi confirmada pelo delegado Francisco Sampaio, em entrevista na tarde desta sexta-feira (27).

Segundo foi apurado pela investigação, o alvo dos atiradores estava na companhia, de cinco amigos, em um bar, localizado na Rua Antônio Alves no Cidade nova, quando foi avisado por esses colegas, que ele estava sendo procurado.

O homem fugiu do local antes da chegada dos atiradores, quando chegaram no local, revoltados porque as pessoas que estavam no local haviam avisado o alvo, atiraram nos amigos, na altura da cabeça. Uma das vítimas estava grávida.

Maria Cristina Masieiro de Souza, de 20 anos, José Paulo Pacheco da Rosa, 21 anos, mais conhecido como Dinho; Gustavo Pinheiro Veiga, 20 anos: e Willian Glauber Senna de Souza, 21 anos morreram ainda no local, apenas um rapaz sobrevive, identificado como Matheus França Serafim foi atendido e encaminhado para o hospital.

Pouco tempo depois, o alvo dos atiradores foi localizado e morto na Rua Edesio Fabiano Andrade, também no Bairro Cidade Nova. Ele estava na companhia de um amigo que também foi alvejado. O adolescente de 17 anos, alvo dos atiradores, morreu no local.

A polícia afirmou que o crime teve a participação de três rapazes de 22, 26 e 29 anos que já possuem passagem pelo setor policial.

A motivação do crime, apontada pela polícia, é que o alvo dos atiradores era testemunha ocular em um crime que aconteceu em 2019 no mesmo bar.

Os evolvidos deverão responder por cinco homicídios, duas tentativas, associação criminosa e aborto, já que uma das vítimas fatais estava grave.

O trio não foi preso.

Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.