Paraná: Saúde reforça aos municípios que todas as medidas estão mantidas

Orientação foi dada em videoconferência com as 22 regionais do Estado

25 de março de 2020 | 20h35 | Atualizado há 135 dias

Foto: Secretaria de Saúde
PUBLICIDADE
O secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, reforçou nesta quarta-feira (25), em videoconferência com diretores das 22 regionais do Estado, a orientação de que todas as medidas adotadas pelo Governo do Estado para o enfrentamento do coronavírus estão mantidas. A vídeoconferência teve a participação do presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Paraná, Carlos Andrade, e de cerca de 140 secretários da saúde.

Beto Preto salientou a importância dos Planos de Contingência Municipais para a pandemia. "Teremos pelo menos mais 120 dias de pico de enfrentamento do coronavírus e os planos municipais de contingenciamento são fundamentais. Além de assegurar a aplicação de medidas preventivas para a população, comprovam a utilização correta de recursos por parte dos gestores".

Segundo o secretário, os recursos repassados pelo Governo Federal aos Fundos de saúde estadual e municipais, pelas portarias 395 e 480 do Ministério da Saúde, que somam mais de R$ 55 milhões, devem ser direcionados para o enfrentamento da pandemia.

"O Governo do Paraná, confirmando sua atuação municipalista, fará a implantação de novos leitos de UTI em hospitais da rede de atendimento à doença. Já os municípios devem aplicar na aquisição de equipamentos de proteção individual e outros insumos direcionados ao enfrentamento do coronavírus", disse ele. "O momento é de diálogo e de respeito e vamos seguir a nossa premissa de transparência nas ações", afirmou o secretário.

O presidente do Cosems, Carlos Andrade, também reforçou a necessidade de os municípios estarem com seus planos de contingência definidos e aprovados. "Entendemos que esta é uma ação que precisa do empenho de todos", disse.
AEN-PR
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM