Curitiba

Gastos com folha está no limite e ameaça novas contratações no Estado

Despesa com pessoal e encargos sociais correspondem a 54% da receita corrente líquida

18/02/2020 22h44 | Atualizado em 18/02/2020 23h03
A despesa com pessoal e encargo sociais no Estado do Paraná já atingiu o limite prudencial estipulado pela Lei de Responsabilidade Fiscal e isso ameaça a abertura de concurso para novas contratações.

A atual despesa corresponde a 54% da receita corrente líquida. "Por conta de aumentos espontâneos e de aumento de carreiras, acabou tendo um impacto em que o percentual de gasto de pessoal com relação ao total da receita corrente líquida chegou no limite prudencial e muito em função também dos gastos com inativos", afirma o secretário da Fazenda, Renê Garcia Junior.

Para que novas contratações ocorram, o Estado deverá fazer uma revisão das despesas. "Seja na questão da contratação de novos quadros na segurança pública, envolvendo profissionais nas custódias e presídios e isso não necessariamente está enquadrável, tem que depender do fluxo de receita e na questão do enquadramento da despesa no ano", ressalta o secretário.

Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.