Cascavel

Reforma da PEC se aproxima do fim

A última galeria está em fase final de reconstrução

12/07/2019 13h34 | Atualizado em 12/07/2019 13h51
Dois anos depois da rebelião que durou 43 horas a reconstrução da estrutura física da PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel) está perto do fim.

Boa parte do complexo foi destruído. Dos 3 pavilhões, 1 ficou em condições de abrigar presos. Os outros dois passaram por um longo processo de recuperação de reforma e reconstrução. Hoje 2 blocos estão em funcionamento pleno. E o último estará pronto em 15 dias. Restam alguns detalhes e a mão-de-obra é dos próprios presos.

Não houve licitação para a contratação do serviço. E a dúvida é se os presos sabendo do processo construtivo, se a segurança não estaria comprometida.

Sim, a superlotação é sempre preocupante e o alívio será gradativo.

Outra novidade, na PEC (Penitenciária Estadual de Cascavel) é que depois da última rebelião, houve mudança na segurança interna.

Há poucos meses a revista dos visitantes é feita com uso de equipamento de raio X. Contudo, ainda existe pendências, o que ainda é fato é que o processo de ressocialização está comprometida e falta de agentes coloca a segurança em risco.

Na PEC a última galeria está em fase final de reconstrução. Mas na 15ª SDP, a desativação do chamado "cadeião" não passou de utopia.

No local ainda há superlotação, e em dados momentos a situação parece ter se agravado. Não por falta de esforço dos agentes do DEPEN, mas pelo estrangulamento da estrutura carcerária.

JC1



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.