Cascavel

Empresas instalam cabos irregulares em postes de Cascavel

Essa sobrecarga gera multa para a empresa irregular e prejuízo para o consumidor final

11/06/2019 20h18 | Atualizado em 11/06/2019 22h15
A Copel pode permitir que até quatro empresas, além dela mesma, utilizem os postes para instalação de cabos de internet, telefonia, entre outros serviços possíveis. Mas a regra está sendo descumprida em grande escala na cidade de Cascavel. Em um poste na Rua Pernambuco é possível identificar seis cabos. Um, dois, três, quatro, cinco, seis, ou seja, não é possível dizer quais, mas dois não deveriam estar ali, são irregulares.

Em outro poste, agora na Avenida Brasil, tem sete operadoras ocupantes. Acima do suporte da lâmpada somente a Copel pode passar cabos, mas abaixo há outros seis. Quer dizer que novamente duas empresas estão irregulares. Conseguir a autorização da Copel pra esse serviço é preciso fazer um projeto detalhado.

O projeto precisa identificar a altura dos cabos no poste, quantos metros ou quilômetros que serão instalados e qual esforço a passagem dos cabos vão gerar no poste tecnicamente chamado de quilo força. Todos os cabos ainda precisam ser identificados com o nome da empresa responsável só depois a empresa recebe o carimbo de aprovação da Copel. A instalação irregular ainda pode gerar prejuízos ao consumidor final. É que o valor arrecadado com os alugueis cobrado dos ocupantes são abatidos na tarifa de energia.

A Copel reconhece a dificuldade de fiscalização, mas pede que as denúncias sejam repassadas à Companhia. Há casos em que a Copel cobra até mesmo a troca do poste das empresas ocupantes. São vários motivos que deixam a concorrência desleal e que pedem uma atenção maior da companhia.

EPC



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.