Cascavel

Acidentes envolvendo ônibus podem prejudicar linhas em Cascavel

Preocupação é devido a nova frota, já que a empresa tem apenas um veículo reserva

14/03/2019 19h34 | Atualizado em 14/03/2019 20h02
Toda frota tem carros reservas. Os midi-onibus, conhecidos como micrões, e os convencionais, de 11 metros, são facilmente substituídos quando necessário, seja por acidentes ou para revisões, porque são modelos semelhantes. Já os ônibus padrão, que são os novos carros do transporte coletivo a dificuldade é muito maior porque cada empresa só tem um veículo reserva.

E olha que o número de acidentes com os ônibus do transporte coletivo de Cascavel tem aumentado, especialmente após a implantação do novo sistema de mobilidade urbana. Só no corredor da Avenida Brasil foram oito, provocados pela insistência dos motoristas que fazem a conversão à esquerda. Na primeira semana foram dois acidentes com ônibus da mesma empresa. Como os novos só tem um reserva, alguma linha é prejudicada quando não tem mais carro para ser substituído.

Os consertos são feitos nas garagens das próprias empresas. Mas dependendo da gravidade do acidente pode levar mais de uma semana para o carro voltar a circular. De domingo para segunda-feira foram três em menos de 24 horas. Um deles na Avenida Carlos Gomes próximo ao viaduto da BR-277 envolvendo uma motocicleta e outro no cruzamento das Avenidas Brasil e Barão do Rio Branco. Nesse caso nenhuma linha acabou sendo prejudicada. Segundo a gerente de transporte da Cettrans o custo com o conserto dos ônibus em casos dessa natureza não chega até o usuário.

Jornal da CATVE



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.