Cascavel

Servidores do Correio estão mais atentos para identificar conteúdos suspeitos

Uso dos serviços para transporte de contrabando está cada vez mais comum na região oeste

14/03/2019 19h21 | Atualizado em 14/03/2019 19h56
O método tem se tornado comum na região oeste que é uma das principais rotas do país.

No início dessa semana a Receita Federal apreendeu 288 volumes com eletrônicos sem procedência no centro de distribuição dos correios de Cascavel. O valor estimado da apreensão é de R$ 145 mil. Um caso similar foi o de uma mulher que foi presa em Toledo tentando enviar drogas camufladas em potes de pomada.

Mas o Delegado da Polícia Federal de Cascavel explica que esse tipo de ação não é feito só pelos correios.

Por meio de uma nota os correios informaram que as unidades operacionais são equipadas com aparelho raio-x e que os profissionais são capacitados para fazer a triagem dos volumes que ocorre em vários pontos do fluxo postal.

Eles informaram que os servidores ficam atentos para identificar qualquer postagem com conteúdo suspeito e que uma vez identificado algum produto ilícito a polícia é acionada imediatamente.

Jornal da CATVE



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.