Cascavel

Três casos de Febre Amarela são registrados este ano no Paraná

Os dois últimos foram confirmados na última semana, em Adrianópolis

11/02/2019 19h54 | Atualizado em 11/02/2019 20h29
A partir do novo boletim da Secretaria Estadual de Saúde, o Paraná tem três registros de Febre Amarela em 2019. Os dois últimos foram confirmados na última semana - ambos em Adrianópolis. O município faz divisa com o estado de São Paulo onde há um surto da doença desde o ano passado. Com os registros, o Paraná tem intensificado as ações para evitar a proliferação da doença.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. A maioria das pessoas melhora após estes sintomas iniciais. No entanto, cerca de 15% apresentam um breve período de horas a um dia sem sintomas e, então, desenvolvem uma forma mais grave da doença. A principal forma de prevenção é a vacina.

No calendário, ela parece para ser aplicada aos nove meses de idade. Em 2018, 13 mil doses de 15 a 59 anos. Quem não se lembra se tomou a vacina ou não tem o registro na carteira de vacinação deve tomar uma dose.

Os órgãos de saúde estão em alerta. Há vacinas disponíveis em todos os postos de saúde, segundo o município, e manter a alta cobertura vacinal é a meta para não deixar o vírus chegar em Cascavel.

Jornal da Catve



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.