Poltica

Com fim do pedágio, estado destina recursos para atendimentos de urgência

Cascavel receberá R$ 245 mil para realizar os atendimentos


PUBLICIDADE
Com o fim dos contratos de pedágio o que mais preocupa é a falta de atendimento médico, ambulâncias e equipamentos de socorro às vítimas, que hoje são operacionalizados pelas concessionárias que administram as rodovias federais. Faltando quase 24 horas para a abertura das cancelas e a saída das empresas algumas incertezas ainda são grandes. O Governo do Paraná promete suprir a demanda por meio do Samu e Siate. Nesta quinta-feira (25) o estado publicou uma resolução que prevê o repasse financeiro em caráter excepcional de recursos de custeio, na modalidade Fundo a Fundo, para apoio na organização do atendimento de urgência e emergência nas rodovias que compõe o anel de integração no Paraná. O valor será disponibilizado de maneira temporária, para dar condições para manutenção, adequação e assistência dos serviços prestados no atendimento de urgência e emergência nas rodovias que compõe o anel de integração estadual. Por exemplo, Cascavel receberá R$ 245 mil, pois a cidade conta suporte básico e avançado do Samu. Corbélia, receberá R$ 50 mil, a cidade tem suporte básico do Samu. Os valores serão disponibilizados mensalmente no fundo dos municípios que contam com praças de pedágio e disponibilizados para o Consamu realizar a gestão do trabalho. A previsão é que isso aconteça pelos próximos 12 meses.

** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

Mais lidas de Poltica
Últimas notícias de Poltica