Paraná

Plenário da ALEP aprova relatório final da CPI da JMK no Paraná

Projeto de resolução com a conclusão dos trabalhos da Comissão foi votado por todos os deputados na Assembleia

29/04/2020 11h06 | Atualizado em 29/04/2020 11h06
O projeto de resolução 1/2020 que engloba o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou os contratos administrativos entre o Governo do Estado e a empresa JMK, responsável pela gestão de manutenção dos veículos do Executivo, foi aprovado, nesta terça-feira (28), com 45 votos favoráveis e uma abstenção na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Paraná.

A CPI da JMK foi instalada no mês de junho de 2019, para apurar irregularidades na licitação e execução do contrato para gestão da manutenção da frota do Estado entre janeiro de 2015 e maio de 2019. Em seis meses de trabalho, a Comissão realizou 46 oitivas, aprovou 33 quebras de sigilos e expediu 202 ofícios, que resultaram em mais de 200 mil páginas de documentos coletados.

O relatório resultou em um vasto conjunto probatório que o Ministério Público poderá utilizar depois em ações penais, civis e de ressarcimento ao erário, já que o relatório aponta a possibilidade de desvio de mais de R$ 100 milhões.

O relatório apresenta ainda 12 recomendações, entre elas que o Estado reavalie o modelo de gestão de frota.

Integrantes - Participaram dos trabalhos da CPI como titulares os deputados: Soldado Fruet, presidente; Tião Medeiros (PTB), vice-presidente; Delegado Jacovós, relator; Alexandre Amaro (Republicanos); Delegado Fernando Martins (PSL), Luiz Fernando Guerra (PSL), Jonas Guimarães (PSB), Mabel Canto (PSC), Mauro Moraes (PSD), Paulo Litro (PSDB) e Michele Caputo (PSDB).

Assembleia Legislativa do Paraná



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.