Guarapuava

Futebol: Batel emite nota de repúdio após vândalos queimarem uniformes

Envolvidos arrombaram a porta da lavanderia do estágio Waldomiro Gelinski na ação

24/03/2020 21h23 | Atualizado em 24/03/2020 21h23
Foto: Assessoria
A diretoria do Batel emitiu nota de repúdio, após vândalos arrombarem a porta e queimarem uniformes novos do time de Guarapuava.

Segundo o divulgado, o crime aconteceu entre a segunda e terça-feira (23 e 24). Um grupo arrombou a porta do Estágio Waldomiro Gelinski e queimaram uniformes novos.

O local estava vazio devido as medidas de prevenção ao novo coronavírus.

Confira a nota na íntegra:
"Nos últimos dias (23/24), o já tão sofrido futebol no interior do Paraná, sofreu mais um duro golpe. Quem sabe o maior. Um grupo de bandidos/vândalos, apagou com chamas o respeito construído dentre tanto esforço e suor de toda uma equipe e união de Guarapuava.

Arrombaram a porta da lavanderia do estágio Waldomiro Gelinski, e queimaram uniformes novos, aproveitando a ausência de pessoas no local, decorrente do novo COVID-19.

A Associação Atlética Batel repúdia veementemente a queima da sua gloriosa e honrada camisa, que por tantas vezes representou a nossa cidade além das fronteiras.

A diretoria do Batel informa, ainda, que não deixará, sob hipótese alguma, de defender os interesses do Clube e de sua torcida, que já foram tomadas todas as medidas cabíveis referentes aos episódios ocorridos, e já acionou a policia que investiga o caso."

Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.