Cascavel

A base vem forte: o início da paixão pela bola. De casa ao futbaby

Jogadores estão sendo formados cada vez mais cedo. Aulas incluem crianças de 3 a 6 anos

24/06/2019 19h37 | Atualizado em 24/06/2019 20h15
A vontade de ser jogador de futebol começa cedo. Pode ser na rua de casa, na quadra da escola ou em campos sintéticos, como este.

Para gostar de futebol, não importa o local. Não importa se é menino ou menina!

Mas não apenas gostam, mas jogam!

A Gabi, faz as duas coisas também, mas prefere assistir.

E nem sempre futebol, ou a bola é unanimidade.

Mesmo assim sabe qual a melhor parte do jogo: a hora do gol.

O interesse pela bola, normalmente é o principal motivo para começar a jogar futebol e ter quem sabe uma carreira promissora.

Para muitas crianças o contato com ela é quase inevitável. Na escola, na grama sintética, no clube.

Pode ser na disputa daquela pelada na rua de casa, ou até mesmo no terrão.

E eles estão começando a ser formados cada vez mais cedo.

Você já ouviu falar no Futbaby? As aulas incluem crianças de 3 a 6 anos.

A atividade nesta desenvolve coordenação motora o equilíbrio, a noção espaço.

Melhora a convivência e é o primeiro contato com as regras do esporte, básicas do tipo não pode pegar a bola com a mão. Logo vão estar discutindo o que é impedimento. Ajuda a tomar decisões, ter disciplina.

As crianças que treinam nesta idade aprendem sobre perder e vencer.

Mas e quando elas não querem mais só brincar?

No próximo episódio, você vai saber sobre a importância das primeiras escolinhas, quando além do lúdico a formação do pequeno craque começa a se tornar mais séria.


Redação Catve.com



** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 9 9982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642.