Mulher que morreu de Covid-19 em Foz foi secretária municipal de educação

Sebastiana Ayres de Aguirre era professora aposentada e deixa dois filhos e cinco netos

12 de julho de 2020 | 16h25 | Atualizado há 22 dias

PUBLICIDADE
A prefeitura de Foz do Iguaçu publicou nota lamentando o óbito da professora aposentada Sebastiana Ayres de Aguirre, registrado neste domingo (12) no Hospital Municipal Padre Germano Lauck. Sebastiana, de 79 anos, foi mais uma vítima da Covid-19.

Pioneira de Foz do Iguaçu, Sebastiana era professora e foi secretária de educação no município. Iniciou a carreira em 1966, nomeada pelo governador Moysés Lupion, atuando no primário da Escola Jorge Schimmelpfeng.

Em 1969, foi empossada como Secretaria de Educação e Cultura do município, permanecendo no cargo até 1985. A trajetória foi marcara pela dedicação ao serviço público, o bem estar e o desenvolvimento de seus inúmeros alunos. Ela deixou dois filhos e cinco netos.

Sebastiana foi internada no Hospital Municipal no dia 8 de julho, mas não resistiu às complicações da doença e faleceu na madrugada deste domingo.

"A Prefeitura de Foz do Iguaçu se solidariza com familiares e amigos e presta condolências neste momento de profunda tristeza", encerra a nota enviada à imprensa.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM