Últimos campeões da Copa Brasil de Kart serão definidos nesta sexta

29 de julho de 2021 | 22h34 | Atualizado há 56 dias

PUBLICIDADE
A quinta-feira foi de muito frio, mas de disputas intensas no kartódromo Luigi Borghesi, em Londrina, no Norte do Paraná, nas tomadas de tempo e baterias classificatórias, que definiram os grids das grandes finais das categorias Júnior Menor, Júnior, Graduados, Sênior B Novatos (Sprinter), KZ, Sênior, Super Sênior/Super Sênior Máster e F-4 Sênior. Nesta sexta-feira, a partir das 10h10, começam as decisões da segunda fase da 22ᵃ edição da Copa Brasil de Kart.

Assim como na primeira fase, na semana passada, os kartistas da segunda fase também seguiram dando um show de pilotagem, com brigas acirradas pelas primeiras colocações.

Na Super Sênior, Carlos Saderi largou na pole, venceu a primeira classificatória, mas acabou superado por Júnior Pinto na segunda bateria. Com a vitória na corrida 2 e o segundo lugar na primeira, Júnior garantiu a pole position para a final com o kart #19.

Na Super Sênior Master, Jedson Vicente foi o mais veloz na tomada, também ganhou na categoria a primeira classificatória. Na segunda, Munir Aboissa foi o primeiro, mas no geral Vicente levou a melhor e registrou a pole da SSM para a final com o kart #125.

Na Júnior Menor, Gabriel Sano partiu da pole, mas terminou a classificatória inicial em terceiro. Gabriel Koenigkan faturou as duas baterias e é o pole da final desta sexta-feira. "As classificatórias foram muito boas, consegui me posicionar bem na tomada de tempos e fiz o terceiro tempo. Na primeira corrida, já pulei pra primeiro nas voltas iniciais e, na segunda, consegui manter o ritmo do começo até o fim. Foi muito bom e estou com uma expectativa muito grande para largar amanhã na pole e lutar pelo título", declarou Koenigkan, piloto do kart #7.

Na KZ, Danilo Dirani fez o melhor tempo da tomada e, numa bela briga com Pedro Piquet, venceu a primeira classificatória. Na segunda, Piquet foi o vencedor. Na soma dos pontos, os dois terminaram empatados, mas Dirani garantiu a pole na final, por ter sido o mais rápido na tomada.

"Foram duas baterias bem sofridas. Consegui marcar a pole, que foi um tempo bem bom para a temperatura que estava pela manhã. Do meio para a segunda corrida, alguma coisa aconteceu no kart ou trincou alguma coisa, porque começou a ficar bem ruim, principalmente o grip traseiro. Esse 'sintoma' continuou na segunda corrida e estava bem ruim mesmo. Só trouxe o equipamento para o final e consegui a pole para largar na frente amanhã. Agora é tentar resolver isso para amanhã e ir pra cima", frisou Dirani, piloto do kart #28.

Na Sprinter, Matheus Barella ficou com a pole na Sênior B e Arthur Nigro, na Novatos. Mas os vencedores da primeira bateria foram outros. Marcelo Owada venceu na Sênior B e Felipe Tozzo, na Novatos. Na segunda bateria, Barella reagiu e venceu garantindo a posição de honra no grid da final de amanhã. Na Novatos, vitória de Rogerio Grotta, o melhor no grid da categoria.

Nas categorias da tarde, João Pinheiro registrou a pole da Júnior, mas Enzo Bedani venceu a primeira classificatória e Guilherme Quinteiro, a segunda. Bedani garantiu a pole para a decisão com o kart #98.

"Foi muito bom. Estou confiante, temos boas chances de conquistar mais um título. Foram corridas muito boas, muito pegadas, mas vou dar o meu melhor para ganhar amanhã", declarou Bedani, que na semana passada foi o campeão da OK Júnior, no primeiro grupo da 22ᵃ edição da Copa Brasil.

Na Sênior, Rodrigo Soares saiu na frente e venceu de ponta a ponta a primeira bateria. Na segunda, foi superado nos metros finais por Júlio Conte. Mesmo assim, ficou com a pole para a decisão.

"Fiz uma largada muito boa na primeira corrida, consegui abrir uma boa vantagem e venci. Na segunda classificatória, eu já fui 'jogando' com a pontuação para a final. O Júlio vinha muito forte. Agora, vamos para amanhã! O bicho vai pegar", disse Soares, do kart #111.

Na Graduados, pole geral para Gabriel Gomez (Graduados B), com Enzo Prando em segundo no geral e o melhor na Graduados A. Na primeira classificatória, os dois repetiram as posições, mas Gabriel acabou desclassificado por falta de peso no kart #7 e Prando ficou com a vitória no geral e na Graduados A. Lucas Mendes herdou o primeiro lugar na Graduados B e levou também a segunda classificatória, vencida no geral por Prando.

"Vou fazer uma corrida com a cabeça, porque são duas categorias juntas, mas vou fazer de tudo para levar este título pra casa, o meu primeiro na Copa", comentou Mendes, que pilota o kart #165.

Na F-4 Sênior, José Pontalti Júnior foi o mais veloz na tomada de tempos e venceu a segunda classificatória. Mas a pole para a final ficou com o vencedor da primeira classificatória: o kartista Márcio Eduardo, do kart #526.

Apesar de todo o momento difícil que o país ainda enfrenta, devido à pandemia do coronavírus, a Copa Brasil de Kart vem se mostrando um grande sucesso, com 275 inscrições nos dois grupos. Lembrando que o evento não é aberto ao público e está seguindo todos os protocolos de segurança sanitária, com restrição ao número de pessoas no kartódromo e todos os presentes testados para Covid-19.
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<