Brasileiro larga na pole position na Corrida 2 da Fórmula 2 na Áustria

04 de julho de 2020 | 22h38 | Atualizado há 32 dias

PUBLICIDADE
Depois de garantir um lugar na primeira fila do grid de largada em sua primeira tomada de tempos na categoria na última sexta-feira (3), o brasileiro Felipe Drugovich disputou neste sábado (4), no Autódromo Red Bull Ring, na Áustria, a primeira prova da rodada dupla que abriu a temporada da Fórmula 2.

Em uma corrida bastante movimentada, o brasileiro foi superado por dois concorrentes na largada e manteve-se na quarta posição até ser um dos primeiros pilotos a ir aos "pits" para a troca obrigatória de pneus. Após a troca, um pouco mais demorada que o esperado, a equipe holandesa MP Motorsport devolveu Felipe Drugovich à pista na 14ᵃ posição.

A estratégia de trocar os pneus mais cedo se mostrou razoável e, na medida em que os concorrentes também iam aos "pits", Felipe Drugovich recuperava algumas posições também dentro da pista. Mesmo sem conseguir estabelecer o ritmo desejado, piloto de Maringá (PR) chegou ao top 10, passando a lutar por um lugar entre os oito primeiros colocados.

Ao fim de 40 voltas e depois de boas disputas com Giuliano Alesi, filho do ex-piloto de Fórmula 1 Jean Alesi, e com seu companheiro de equipe na MP Motorsport, o experiente Nobuharu Matsushita, Felipe Drugovich recebeu a bandeirada em 8°, não sem antes estabelecer suas melhores voltas nas três últimas passagens em frente à cronometragem.

O resultado permitiu que Felipe Drugovich marcasse seus primeiros pontos logo na corrida de estreia na Fórmula 2. Mais do que isso, o brasileiro largará na pole position neste domingo (5) na Áustria, já que o regulamento determina a inversão dos oito primeiros da corrida 1 para a definição do grid de largada da corrida 2, mais curta, com 28 voltas.

A largada será às 6h10 (horário de Brasília). "O primeiro "stint" foi com os pneus macios e não foi muito legal. Caí para 4° ainda na primeira volta e não consegui manter o ritmo dos três primeiros, não consegui acompanhar. Por isso tive que trocar os pneus bem cedo", relembra Felipe Drugovich. "Acabei perdendo tempo no pit, a equipe foi lenta e ainda tive que esperar outro carro passar e perdi mais uns 3 segundos. O segundo "stint" foi um pouco melhor, mas mesmo assim o ritmo não foi legal. Marcar pontos na estreia é sempre ótimo e largar na pole sempre ajuda muito. Vamos ver amanhã se conseguimos balancear o carro", finalizou.



Confira o resultado da primeira corrida da Fórmula 2 na Áustria

1°) Callum Illot (GBR) - UNI-Virtuosi - 40 voltas - 54m21s050

2°) Marcus Armstrong (NZL) - ART Grand Prix - a 8s856

3°) Robert Shwartzmann (RUS) - Prema Racing - a 9s291

4°) Christian Lundgaard (DIN) - ART Grand Prix - a 10s878

5°) Dan Ticktum (GBR) - DAMS - a 11s277

6°) Giuliano Alesi (FRA) - BWT HWA Racelab - a 12s828

7°) Louis Deletraz (SUI) - Charouz Racing System - a 16s267

8°) Felipe Drugovich (BRA) - MP Motorsport - a 17s033

9°) Nobuharu Matsushita (JAP) - MP Motorsport - a 17s435

10°) Roy Nissany (ISR) - Trident - a 19s543

11°) Mick Schumacher (ALE) - Prema Racing - a 20s049

12°) Jehan Daruvala (IND) - Carlin - a 22s008

13°) Pedro Piquet (BRA) - Charouz Racing System - a 24s996

14°) Nikita Mazepin (RUS) - Hitech Grand Prix - a 25s885

15°) Jack Aitken (GBR) - Campos Racing - a 30s138

16°) Guilherme Samaia (BRA) - Campos Racing - a 53s934

17°) Guanyu Zhou (CHI) - UNI-Virtuosi - a 1 volta

18°) Yuki Tsunoda (JAP) - Carlin - a 1 volta

Não compeltaram

Artem Markelov (RUS) - BWT HWA Racelab

Sean Gelael (INA) - DAMS - 1:15.604

Marino Sato (JAP) - Trident - 1:16.011

Luca Ghiotto (ITA) - Hitech Grand Prix - 1:15.044



Fotos: Divulgação
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM