BLOG DO
Luiz Nardelli

As estrelas que não brilharão neste Natal

22 de dezembro de 2020 | 11h53 | Atualizado há 346 dias

O ano de 2020 ficará na história da humanidade. O brilho da felicidade não resplandecerá em nossos corações como em anos anteriores. O tom maior desta melodia de Natal, não será ouvido por muitos. Porém, estará presente no pensamento de todos nós.

ESTRELAS
As estrelas já não brilham como antes, mesmo assim, temos a certeza que muitas delas resplandecerão nos corações daqueles amargurados pela perda de um ente querido, mesmo que em silêncio. A dor da perda, não será maior do que a vontade de viver para aqueles que continuam a viagem. Perdemos e perderemos algumas estrelas ainda, mas a história daquelas que nos deixa, jamais será esquecida.

A CURVA
A vida é como uma estrada, às vezes longas e às vezes curtas. Mas como em toda estrada existe as curvas, na vida, não é diferente. Ao trafegar nesta longa estrada que Deus nos deu, muitas situações inusitadas acontecem. Não existe nesta estrada uma curva que seja menos perigosa que outras, o que existe, é somente a curva, que muitas das vezes também é o ponto final desta viagem.

PANDEMIA
Poderia aqui satirizar muitas coisas sobre a política nativa, até porque, o momento é de transição. Como em toda transição política administrativa, existem a pérolas, e em Cascavel não está sendo diferente. Pérolas nos bastidores da política nativa, é o que não falta. Mas, vamos refletir e respeitar a dor daqueles que sofrem com a pandemia do novo coronavírus, ou seja, todos nós.

NATAL
É chegada a hora de comemorar o Natal, mais comemorar o quê? Enquanto algumas pessoas vislumbram a possibilidade de reunir-se para celebrar a data, outras sofrem com a dor da perda de um ente querido ou até mesmo, a própria pessoa em um leito hospitalar. É Natal, mas vamos refletir que enquanto você leitor estará festejando o "nascimento do menino Jesus", outros estarão chorando a morte de alguém. Então, o momento é de reflexão, e não de aglomeração.

POLÍTICA
Nos bastidores da política, o que sobra são incertezas daqueles que irão governar os próximos quatro anos o município de Cascavel. Seja no Executivo ou no Legislativo. A pergunta mais corriqueira é sobre o secretariado do prefeito Paranhos. Quem continua? Quem ficará fora? Novatos irão compor o secretariado já neste início de mandato? Boatos são de que cerca de 10 secretarias terão gestores titulares neste início de mandato. Os demais, ficarão a espera de um chamamento posterior. Será Verdade?

LEGISLATIVO
Já no Legislativo cascavelense, tudo está certo e ao mesmo tempo incerto. A disputa pela presidência da Mesa Diretora, é o assunto nos corredores da Câmara e em rodas de conversas. Se bem que os indicativos de quem será o presidente estão bem alinhavados. Dos 21 eleitos e reeleitos, apenas um deles, parece não estar muito entusiasmado em discutir assuntos que nortearão o Legislativo no próximo biênio.

VEREADOR
O desconhecido vereador eleito com mais de 1,7 mil votos, Cléverson Sibulski (PROS), com o currículo de vendedor pracista, caixeiro-viajante e assemelhados, não parece estar muito interessado em discutir assuntos pertinentes a sociedade. Cidadão de potencial de votos indiscutível, mas que pode após eleição ter sido contaminado pela soberba. Não tem aparecido em reuniões de discussões sobre a formação da Mesa, seja do grupo de oposição ou situação, tão pouco tem dado entrevistas aos meios de comunicação de Cascavel. Ter poder é bom! Mas deixar o poder guiar as atitudes, não se encaixa a um digno representante da população.

FUI !!!
"A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda." Provérbios 16:18 Bíblia Sagrada
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM

<