BLOG DO
Luiz Aparecido

Conheça os mitos e verdades sobre blindagens de carros

28 de novembro de 2019 | 01h25 | Atualizado há 300 dias

PUBLICIDADE
Em busca de mais segurança, o consumidor tem procurado saber mais sobre blindagem automotiva. É o que mostra os dados da Associação Brasileira de Blindagem, que em 2018 apontou o Brasil como o país com a maior frota de veículos blindados do mundo, com mais de 200 mil unidades. Isso porque a proteção oferecida não é importante somente nas tentativas de assaltos, mas também para as balas perdidas - algo que, infelizmente, ocorre com certa frequência em grandes cidades.

Porém, alguns mitos foram criados sobre esse tipo de produto, o que pode gerar desinformação na hora do consumidor optar pelo serviço. Por isso, consultamos um especialista no assunto, Eduardo Tinel, responsável pela produção da empresa Rino Blindagens, e separamos alguns mitos e verdades sobre as blindagens automotivas para que você faça uma escolha certa e consciente.

É preciso ter autorização para blindar o seu carro?
VERDADE. A blindagem do seu carro só pode ser realizada com uma autorização do Exército Brasileiro, que é o órgão responsável por autorizar esse serviço para pessoas físicas. A solicitação pode ser realizada pela blindadora, com toda a documentação necessária preenchida pelo proprietário do veículo, mas atenção, apenas estabelecimentos autorizados pelo Exército podem realizar a blindagem. Portanto, atenção na hora de escolher a empresa que vai blindar seu veículo.

A blindagem veicular não delamina?
MITO. A delaminação, nada mais é do que a separação física do vidro com o policarbonato e isso pode ocorrer por diversas vezes em todos os tipos de veículos blindados. O vidro delaminado pode perder a resistência balística, por isso, diante de qualquer suspeita, entre em contato com a assistência técnica para uma vistoria.

A blindagem pode ser realizada em qualquer tipo de veículo?
MITO. Não é recomendável que carro com potência inferior a 90 cavalos, carros com menor potência podem não aguentar o peso da blindagem, que varia de 110 a 200 quilos, e isso pode interferir em seu desempenho.

Carros blindados podem ser lavados normalmente?
VERDADE. Você pode lavar o seu veículo normalmente, desde que tome alguns cuidados e não utilize nenhum produto nocivo como querosene, removedores e similares. Caso esses produtos entrem em contato com a camada interna do vidro, isso pode danificá-lo significativamente, utilize sempre água e sabão neutro. Não é recomendado também que se utilize força bruta ou aparelhos lavadores de alta pressão, pois, podem danificar as borrachas de acabamento.

"É muito importante que o consumidor pesquise antes e procure empresas sérias e de confiança que possam realizar esse serviço sem que prejudique o seu veículo e traga total segurança à sua família", diz Eduardo Tinel responsável pela produção da empresa Rino Blindagens.

(Fotos: Divulgação)
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM