Luiz Aparecido

Casagrande e Fraga vencem Stock Car em Goiânia

26/11/2019 04h07

A 11ª etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car, disputada domingo (24) em Goiânia, consagrou Gabriel Casagrande como vencedor da primeira prova da rodada dupla e teve Felipe Fraga como melhor classificado na corrida complementar depois da desclassificação de Ricardo Maurício, que havia chegado em primeiro. O paulista perdeu a vitória devido ao não funcionamento da luz de freio - item obrigatório segundo o regulamento técnico.

Realizada em homenagem ao piloto Tuka Rocha, falecido no último dia 17 em virtude de um acidente aéreo, a etapa também definiu os seis competidores que ainda permanecem na briga pelo título: Daniel Serra (335 pontos), Thiago Camilo (306), Ricardo Mauricio (292), Rubens Barrichello (284), Julio Campos e Felipe Fraga (ambos com 293). Eles decidirão quem será o campeão na Super Final, a ser disputada em São Paulo no dia 15 de dezembro. Como elemento extra para acirrar a disputa, a última corrida concederá pontuação dupla para o vencedor - ou seja 60 pontos estarão em jogo em Interlagos.

Antes da largada, um momento de enorme emoção, quando os pilotos formaram um semicírculo em torno do capacete de Tuka Rocha - que foi utilizado neste fim de semana por Diego Nunes. Todos no autódromo realizaram um minuto de silêncio em memória do ex-piloto da categoria, falecido em Maraú, na Bahia.

Largando da pole position, Casagrande fez valer sua vantagem na corrida 1, sendo escoltado por Thiago Camilo até a parada obrigatória, quando Camilo perdeu força, foi ultrapassado por Cesar Ramos, Lucas Foresti e Daniel Serra - e teve de se contentar com o quinto lugar, enquanto Ramos e Foresti celebraram muito seus primeiros pódios na temporada 2019.

Já a segunda corrida viu Ricardo Maurício, que largada de 24º e chegou em 16º na primeira bateria, jogar com a estratégia e contar também com muita competência, travando uma belíssima disputa com o pole Valdeno Brito e tomando a ponta após ter ficado com mais botões de ultrapassagem no fim, para despachar Valdeno rumo à vitória.

Perdendo ritmo, o piloto paraibano acabou superado por Felipe Fraga e Nelsinho Piquet, ficando fora do pódio, em quarto, até a punição de Maurício pela Confederação Brasileira de Automobilismo, que rendeu a vitória a Felipe Fraga.

Confira os resultados da Stock Car em Goiânia:

Corrida 1
1º) Gabriel Casagrande (Crown Racing), 27 voltas
2º) Cesar Ramos (Blau Motor Sports), a 0s836
3º) Lucas Foresti (Vogel Motorsports), a 6s831
4º) Daniel Serra (Eurofarma RC), a 8s466
5º) Thiago Camilo (Ipiranga Racing), a 9s753
6º) Felipe Fraga (Cimed Racing), a 13s469
7º) Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), a 14s508
8º) Guilherme Salas (KTF Sports), a 15s846
9º) Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), a 17s309
10º) Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), a 19s098
11º) Cacá Bueno (Cimed Racing), a 20s197
12º) Diego Nunes (KTF Sports), a 20s967
13º) Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports), a 24s259
14º) Allam Khodair (Blau Motorsport), a 24s723
15º) Raphael Reis (Carlos Alves Competições), a 35s732
16º) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 37s571
17º) Guga Lima (Vogel Motorsports), a 38s626
18º) Ricardo Zonta (Shell V-Power), a 39s380
19º) Rubens Barrichello (Full Time Sports), a 1m22s423
20º) Tuca Antoniazzi (Hot Car Competições), a 1m25s645
21º) Bruno Baptista (RCM Motorsport), a 1 volta
22º) Galid Osman (Shell Helix Ultra), a 1 volta
23º) Átila Abreu (Shell V-Power), a 3 voltas
24º) Denis Navarro (Cavaleiro Sports), a 7 voltas
Não completaram:
25º) Gaetano di Mauro (Shell Helix Ultra), a 21 voltas
26º) Max Wilson (RCM Motorsport), a 22 voltas
27º) Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), a 22 voltas
28º) Rafael Suzuki (Hot Car Competições), a 22 voltas
29º) Marcel Coletta (Crown Racing), a 22 voltas

Corrida 2
1º) Felipe Fraga (Cimed Racing), 29 voltas
2º) Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), a 0s640
3º) Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), a 0s698
4º) Rubens Barrichello (Full Time Sports), a 4s721
5º) Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), a 6s816
6º) Gaetano di Mauro (Shell Helix Ultra), a 8s119
7º) Ricardo Zonta (Shell V-Power), a 9s074
8º) Guilherme Salas (KTF Sports), a 12s328
9º) Gabriel Casagrande (Crown Racing), a 15s075
10º) Daniel Serra (Eurofarma RC), a 16s266
11º) Átila Abreu (Shell V-Power), a 19s409
12º) Galid Osman (Shell Helix Ultra), a 21s012
13º) Thiago Camilo (Ipiranga Racing), a 22s634
14º) Cacá Bueno (Cimed Racing), a 23s277
15º) Denis Navarro (Cavaleiro Sports), a 25s643
16º) Diego Nunes (KTF Sports), a 28s234
17º) Allam Khodair (Blau Motor Sports), a 31s995
18º) Rafael Suzuki (Hot Car Competições), a 39s814
19º) Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), a 41s466
20º) Guga Lima (Vogel Motorsports), a 46s564
21º) Lucas Foresti (Vogel Motorsports), a 1 volta
22º) Tuca Antoniazzi (Hot Car Competições), a 1 volta
Não completaram:
23º) Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports), a 9 voltas
24º) Bruno Baptista (RCM Motorsport), a 11 voltas
25º) Raphael Reis (Carlos Alves Competições), a 23 voltas
26º) Cesar Ramos (Blau Motor Sports), a 27 voltas
27º) Max Wilson (RCM Motorsport), não largou
28º) Marcel Coletta (Crown Racing) não largou
Desclassificado:
29º) Ricardo Maurício (Eurofarma RC)

Classificação do campeonato após 11 etapas:

1º) Daniel Serra, com 335 pontos
2º) Thiago Camilo, 306
3º) Ricardo Maurício, 292
4º) Rubens Barrichello, 284
5º) Felipe Fraga, 293
6º) Julio Campos, 293
7º) Gabriel Casagrande, 265
8º) Cacá Bueno, 230
9º) Bruno Baptista, 163
10º) Nelson Piquet Jr., 163
11º) Ricardo Zonta, 155
12º) Átila Abreu, 144
13º) Diego Nunes, 141
14º) Max Wilson, 140
15º) Marcos Gomes, 134
16º) Gaetano di Mauro, 112
17º) Valdeno Brito, 111
18º) Lucas Foresti, 110
19º) Galid Osman, 108
20º) Cesar Ramos, 103
21º) Allam Khodair, 103
22º) Rafael Suzuki, 94
23º) Denis Navarro, 92
24º) Marcel Coletta, 81
25º) Bia Figueiredo, 63
26º) Guga Lima, 53
27º) Felipe Lapenna, 46
28º) Pedro Cardoso, 34
29º) Guilherme Salas, 26
30º) Agustín Canapino, 10
31º) Raphael Reis, 9
32º) Vitor Batista, 7
33º) Tuca Antoniazzi, com 1 ponto

(Vídeo: Master/Catve)

Leia outros artigos de Luiz Aparecido