Laís Laíny

Greve vai encerrar negociações, diz líder de governo na Alep

24/06/2019 14h45

O líder de governo na Assembleia Legislativa elevou o tom aos servidores do Estado, caso deflagrem greve.

Esta é a primeira crise com os servidores, que se elevou após o governador Ratinho Jr afirmar que o Estado não tem dinheiro para aumento.

Em resposta a paralisação prevista para esta terça-feira (25), Bakri afirma que se houver greve, as portas do governo para negociação serão fechadas.

Bakri defende o governo Ratinho Jr que já houve avanços, como o não desconto salarial da paralisação de 29 de abril e a revogação da decisão da PGE que prejudicava os PSSs.

Uma greve em governo que mal começou, lhe causa estranhamento.

"A greve é o último instrumento que você usa. Não estamos com salários atrasados nem nada. O Governo ficou de fazer uma proposta até o fim do mês, e não está em pauta só o reajuste. Agora, se houver greve, zera toda a conversa, claro."

Leia outros artigos de Laís Laíny