Laís Laíny

Evandro vai ao Conselho de Ética da Câmara contra deputado Boca Aberta

18/06/2019 16h00

Deputado Roman sugere adoção do VAR (árbitro de vídeo) na Câmara para checar as bobagens ditas pelo deputado Boca Aberta

Às 12h04 desta terça-feira (18), o deputado federal Evandro Roman (PSD) ingressou com representação no Conselho de Ética da Câmara conta o deputado Boca Aberta (PSL) de Londrina por quebra de decoro parlamentar. Evandro afirma que Boca Aberta mentiu na semana passada quando o relacionou numa lista de deputados que estão no Plano de Seguridade Social da Câmara ou aposentadoria especial dos deputados como é mais conhecida.

Em pronunciamento hoje na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, Evandro Roman apresentou documento da Casa no qual comprova que não faz mais parte do Plano Especial de Aposentadoria desde o início de maio, portanto mais um mês antes da fala de Boca Aberta. "Esse cidadão falta com a verdade e tanta macular a imagem de colegas e, portanto, espera que seja dada à essa pessoa (Boca Aberta) o tratamento que ela merece, que é o processo por quebra de decoro parlamentar".

VAR na Câmara
Em tom de ironia, Roman chegou a sugerir a adoção do VAR (árbitro de vídeo) para checar as declarações feitas pelo deputado Boca Aberta, já que ele frequentemente ?falta com a verdade?.

Leia outros artigos de Laís Laíny