Laís Laíny

Assessor da Câmara é flagrado com R$ 14 milhões em rubis, em Foz

17/04/2019 10h26

Um assessor parlamentar da Câmara de Vereadores de Cascavel foi flagrado na terça-feira (16) em Foz do Iguaçu, tentando transportar rubis pelo Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu.

A Catve apurou que é um assessor do vereador Misael Junior. Informação confirmada pela Câmara.

A PF (Polícia Federal) e a Receita Federal encontraram 7,5 quilos de Rubis sem apresentação de nota fiscal de origem.

Os passageiros são de Cascavel e viajariam para Guarulhos. De lá, uma Trade comercializaria o minério em Portugal.

O que chamou a atenção das equipes de fiscalização é que a Trade emitiu uma Nota Fiscal de transporte, cujo destinatário é o próprio remetente. Além disso, o valor da Nota Fiscal apresentada é de R$ 81.000,00, enquanto o laudo de avaliação emitido por um gemólogo avalia as pedras em U$ 3,6 milhões, ou seja, R$ 14.040.000,00 na cotação de hoje.

Segundo a PF, os dois homens asseguraram que tinham a nota de origem guardada em algum lugar, mas não a apresentaram no decorrer do dia.
Eles foram liberados para responder inquérito instaurado por portaria, enquanto as pedras serão encaminhadas para exame pericial fim estabelecer seu grau de pureza e valor real.

O blog tentou contato com o vereador Misael Junior, mas ele estava com o celular desligado. No gabinete, ninguém quis se manifestar.

Leia outros artigos de Laís Laíny