Laís Laíny

Na Alep, Nelson Justus desiste da presidência da CCJ

Desistência põe fim à sequência de oito anos de Justus à frente da Comissão

11/02/2019 18h49

O deputado estadual Nelson Justus (DEM) desistiu de disputar a presidência da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), a mais importante da Assembleia Legislativa.

A CCJ foi comandada por Justus nos últimos oito anos. Com isso, o campo fica livre para o deputado Fernando Francischini (PSL).

"Há momentos na vida que a gente tem que recuar para avançar depois", afirmou o deputado.

A verdade é que Justus ficou encurralado, sem votos suficientes, e desistiu para não perder.

Ele assumirá a presidência da Comissão de Finanças na Alep.

A eleição do presidente da CCJ será nesta terça-feira (12) a partir das 13h30.

Até o momento oito nomes já foram indicados. São eles: Delegado Francischini e Tião Medeiros pelo bloco PSL/PTB; Nelson Justus pelo bloco MDB/DEM; Homero Marchese (PROS); Tadeu Veneri (PT); Maria Victoria (PP); Marcio Pacheco pelo bloco PDT/PMN/PPL; e Delegado Jacovós pelo bloco PR/PRB/PODEMOS.

Leia outros artigos de Laís Laíny