Laís Laíny

Dezenas de RGs suspeitos emitidos em Rancho Alegre, de 2 mil habitantes

07/12/2018 10h10

Em uma cidade de pouco mais de 2 mil habitantes, perto de Goioerê, a emissão de dezenas de carteiras de identidade levantou a suspeita do Instituto de Identificação do Paraná.

Em Rancho Alegre do Oeste, e outras duas cidades, a Divisão de Combate à Corrupção cumpriu nesta sexta-feira (7) busca e apreensão no Espaço Cidadão, que concentra vários serviços públicos, como Detran e do Instituto de Identificação.

Um servidor da Prefeitura de 47 anos foi o alvo do mandado. Buscas também foram feitas na casa dele.

O servidor será interrogado ainda hoje.

De acordo com o delegado da DCCO, a suspeita é que RGs foram emitidos de forma fraudulenta, a partir de certidões de nascimento duvidosas.
Maringá e Cerro Azul também são alvos.

A ação, segundo a Polícia Civil em cidades tão pequenas, tem por objetivo despistar as autoridades e assim conseguir cometer os ilícitos sem levantar suspeitas.

Leia outros artigos de Laís Laíny