BLOG DO
Craque Neto

Incoerência ou convicção??? - por Craque Neto

18 de fevereiro de 2020 | 08h34 | Atualizado há 283 dias

PUBLICIDADE
Tenho visto muita gente criticar esse início de trabalho do técnico Tiago Nunes no Corinthians. Vale lembrar que ele formou o elenco do jeito que quis ? mandando embora inclusive os ídolos Ralf e Jadson -, dando oportunidades para muitos jovens e mesmo assim não vem alcançando resultados satisfatórios. Perdeu até aqui praticamente a metade dos jogos disputados na temporada (4 vitórias, 4 derrotas e outros 2 empates). Nem de longe é o desempenho imaginado por ele e pela Fiel.

Eu gosto dele. Acho um treinador de qualidade que merece sim reconhecimento pelo ótimo trabalho realizado no Athlético/PR. Não caiu de paraquedas no Corinthians e pode transformar as coisas por lá. Mas algumas coisas estão me deixando com uma pulga atrás da orelha. Em primeiro lugar por que deixar o Pedrinho no banco contra o São Paulo se ele próprio, o treinador, aliviou a barra do meia pela expulsão ridícula contra o Guaraní na Pré-Libertadores? E outra! Por que escalar o menino Lucas Pitón no clássico se apostou no Sidclay na decisão continental? Qual a lógica? Mudou totalmente de ideia em questão de três dias, ué!?

Agora fiquei sabendo que o Rodriguinho, que se desvinculou do Cruzeiro, chegou a ser oferecido para jogar ao Corinthians, mas o próprio treinador Nunes o teria vetado. Com isso o meia acabou acertando nesta segunda (17) um contrato com o Bahia. Nesse caso queria entender se foi mais uma incoerência desse início de trabalho ou realmente ele tem convicção que nomes como Richard, Everaldo, Janderson e Yony González seriam mais produtivos que ele? Para vai!

O cara acabou de chegar, tem potencial e merece uma colher de chá. Mas é bom que ele entenda que no futebol a paciência dura pouco.
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM