Craque Neto

Torcida única por causa da brincadeira do Gabigol? Para vai!

27/11/2019 10h39

Na segunda-feira (26) o promotor Paulo Castilho, famoso por sua atuação como promotor em casos de violência envolvendo torcedores em São Paulo, disse em entrevista ao UOL Esporte que no jogo entre Palmeiras e Flamengo, a ser disputado no próximo domingo às 16 horas, deveria haver torcida única. Ou seja, de torcedores alviverdes já que o duelo será realizado no Allianz Parque. E tudo porque ele acha que houve exagero do Gabigol e do elenco do Flamengo em brincar com os palmeirenses com a já famosa música "Não tem Copinha e nem Mundial!".

posso falar? Acho isso uma grande bobagem. Pra mim esse tipo de brincadeira é o que dá o tempero no futebol. O que as pessoas precisam sim é de mais educação e entender que o esporte é só diversão e não violência. Ninguém precisa agredir e nem matar por causa do futebol. Chega a ser ridículo! Portanto não vi problema nenhum na brincadeira da boleirada do Mengão. Ainda mais porque eles responderam a várias atitudes passadas dos próprios palmeirenses.

Quem não se lembra que ano passado, após o título, o elenco do Verdão passou em frente a uma loja do Flamengo cantando e brincando sobre o tal de ?Cheirinho?. O Dudu e o Paulo Nobre usaram camisas e entoaram cantos como ?Cherinho é o meu Peru!?. Isso tudo 100% provocação de palmeirenses com flamenguistas! E nem por isso o elenco rubro-negro ficou magoadinho a ponto de agredir alguém naquele jogo do primeiro turno, que diga-se de passagem, foi um verdadeiro passeio!

Leia outros artigos de Craque Neto